segunda-feira, 20 de abril de 2015

Seja o que você É - Satsang




Participante - Há uma coisa dentro de mim que diz assim: eu não quero sofrer, não quero passar fome, não quero sentir dor.

Mestre Gualberto - A Vida comporta isso tudo, e isso é a Vida. Agora, a Vida jamais é tocada por sua própria expressão. Isso significa que você é a Vida. Quando Isso está assentado, só há Vida fluindo. A Vida não está abandonada. A Vida só está se manifestando, uma hora de uma forma e outra hora de outra, mas isso não muda nada para a própria Vida que é Você. 

A ideia de “quero” e “não quero”, “gosto” e “não gosto”, ainda é a ideia de "alguém vivo" na Vida e não da própria Vida. A Vida não se ocupa com crenças. São crenças sobre a dor e sobre a dor da dor; crenças sobre o sofrimento e sobre o sofrimento do sofrimento, como crenças sobre a alegria da alegria; crenças sobre a felicidade da felicidade e sobre a morte da morte. São somente crenças. Solte as crenças. Seja o que você É: a Vida.

E deixe essas questões de direito, esquerdo, cara e coroa, positivo e negativo, dor ou prazer, viver e morrer, por conta Daquilo que move tudo e põe tudo em seu devido lugar.



* Trecho extraído de um Satsang com Mestre Gualberto em setembro de 2013.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações