quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

A Arte da Liberdade e da Felicidade


Aqui, tratamos daquilo que eu considero fundamental, de maior importância, que é a resposta direta para essa sua busca permanente pela Felicidade. O que o impede de viver Isso? Qual é o real impedimento? Os pensamentos. Eles têm mantido você dentro desse impedimento.

Observe o que os pensamentos produzem dentro de sua cabeça: conflito, guerra, confusão, caos, contradição, loucura… Você, na mente, vive completamente louco! Quando você acredita em pensamentos, você está louco, completamente louco! Pensamento é sinal de loucura! Você não precisa de pensamentos, mas quando acredita que precisa, você se embola com eles; aí está a loucura! Não é possível realizar a Felicidade pensando. Esse é o segredo dos Sábios, o segredo da Sabedoria. Vocês conseguem ver isso?

Então, o que nós estamos fazendo em Satsang? Descobrindo a arte de Ser, a arte da Felicidade, que é a arte da Liberdade. Eu resolvi não mais sofrer, então, deixei de me ocupar com pensamentos. Ninguém o obriga a sofrer, como ninguém o obriga a beber, fumar ou a ter alguma outra prática. Isso são apenas hábitos, vícios. Portanto, é você quem decide: “Não vou mais sofrer, não vou mais produzir sofrimento, não vou mais brigar, não vou mais criar confusão”. A mente vive em confusão. Ela adora isso! Confusão, guerra, problemas… vocês adoram isso!

Viver no ego é viver na mente, e não há Amor e Paz quando você vive em sua mente. Você entende? Isso é muito simples. A mente está criando confusão o tempo todo dentro de você. As imaginações não terminam nunca: “Ele não gosta de mim”; “Ela não gosta de mim”; “O mundo é cruel demais”; “Eu nunca tenho sorte na vida”… É isso mesmo? Então, não há chance nenhuma! Você está viciado em pensamentos, em comparações… Você se compara com quem tem mais, para se sentir inferior, e com quem tem menos, para se sentir superior. Isso é o ego, é o problema. Não é belo ver a verdade do que está sendo dito aqui?

Participante: A gratidão também é uma ilusão?

M. Gualberto: Também! Não há nada pelo que ser grato e não há ninguém a quem devamos ser gratos. Só tem Deus fazendo tudo! Quem se sentiria agradecido? E quem se sentiria agradecendo? Aquele que espera ser agradecido, quando não recebe isso, sente a ingratidão e, portanto, a injustiça. Então, esperar ser agradecido é tão miserável quanto a ilusão da autoimportância de querer parecer ao outro que é grato, agradecendo.

Quando você soma zero mais zero, você tem um valor positivo ou negativo? Zero mais zero é igual a zero! Quando um ego se sente grato e agradece a um outro ego, isso não passa de um zero sendo somado a zero. Isso não tem valor nenhum, porque isso não vai além do ego; ambos não saíram da esfera da ilusão da egoidentidade. Um ego que dá, sente-se feliz por dar, e um outro ego que recebe, sente-se agradecido, feliz, por receber. Esse que dá, sente-se importante e digno de ser reconhecido e agradecido pelo outro, por ter sido tão generoso, tão nobre, tão grande, tão especial; e o outro que recebe, fica grato, mas nada disso tem qualquer relação com a Felicidade! A Felicidade está além da gratidão e da ingratidão, do dar e do receber. A gratidão está no reino da imaginação; a Felicidade está no reino da Verdade.

A Felicidade é o centro mais profundo — um centro sem bordas, sem circunferência — do seu Ser. No centro mais profundo do seu Ser, está a Felicidade. Esse trabalho, em Satsang, se propõe a levar você além do ego e sua imaginação; além de todas as coisas bonitas consideradas importantes pelo ego, como o imaginário amor, a imaginária gratidão, a imaginária bondade, a imaginária liberdade, a imaginária felicidade… Você está cheio de crenças, imaginações, acerca do que é o Amor, a Felicidade, a Verdade, a Paz… Tudo fantasia!

Estou falando sobre essa Ciência, que significa ir além do sonho, desse sonho da mente, e viver essa direta experiência de Ser. Você é esta Consciência, esta Presença, esta Realidade, e Isso é a Felicidade de seu Ser. Está claro isso?



*Transcrito a partir de uma fala em encontro online na noite de 15 de Dezembro de 2017
Encontros onlines todas as segundas, quartas e sextas as 22h 
Para participar baixe o App Paltalk gratuitamente em seu computador ou dispositivo móvel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações