quarta-feira, 21 de junho de 2017

Fique quieto




O meu trabalho com você em Satsang é lhe mostrar que você nunca esteve distante de si mesmo. Você tem que mudar o seu olhar. Você está olhando para fora, olhando para o que está aparente; está olhando para aparições e valorizando-as. Eu estou convidando-o a olhar para Aquilo que olha. Como você não pode olhar para Aquilo que olha, você pode desistir de olhar para fora. Então, Aquilo que vê – onde tudo é visto – se revela como sua Verdadeira Natureza.
Os sábios chamam isso de “ficar quieto”. O pensamento, o sentimento e a sensação vêm e você fica quieto, aí eles vão embora; vem uma história, você fica quieto e ela vai embora; uma outra história surge, você fica quieto e ela vai embora. Na razão em que você fica quieto e olha para Aquilo que olha, seu estado natural aflora e, assim, o seu olhar muda, porque não é mais o “fora” que está sendo visto, é O que é que está sendo visto. Assim, o sentido do “eu” (que é o que dá, ao que é visto, o valor de uma entidade presente na experiência) desaparece.
Todos os problemas que você tem estão baseados na ideia de que “você” está aí. De fato, “você” não está aí. Só tem Ele aí, e Ele não tem problema. Você particulariza uma crença para um particular corpo, ou um particular nome, e, dessa forma, uma história particular surge. Fascinante isso! É fascinante você perceber que não há alguém presente naquilo que acontece. Tudo acontece Nele, por Ele e para Ele! Tudo é um show Dele, tudo é um jogo Dele!
Um nasce, outro morre; um ganha, outro perde; um é positivo, outro é negativo; um é masculino, outro é feminino; um está saudável, o outro está doente… Esse é o jogo, mas é o jogo Dele! Não há nenhum prejuízo, nada para se lamentar. Nada se perde, é destruído, termina… Nada acaba e nada começa. Esse é o jogo! Não tem nada de fato começando; não tem nada de fato terminando; não tem nada de fato como uma vitória permanente ou como uma derrota permanente. Tudo é um jogo, um jogo Dele!
Se você escolhe uma parte, você nega outra. Então, você particulariza um lado, que é aquilo que mais agrada ao padrão de condicionamento da “pessoa” que você acredita ser. Isso é ilusão, que é sofrimento! Eu sei que você quer que ninguém da sua família morra, mas eu tenho uma notícia para lhe dar: eles vão morrer! E você também, o que é pior. Isso porque vocês nasceram… ou parece ter sido assim.
Você quer uma saúde perfeita? Impossível! As pessoas fazem dieta, exercícios, se alimentam corretamente, ficam loucos com essa coisa de comida natural e macrobiótica. Não comem pudim, chocolate… Tudo natural! Nada de muito açúcar, muito sal…  Nada! Uma saúde perfeita! Isso não existe! Todos vão morrer! Até você vai!
Desencante-se disso! Desidentifique-se do corpo, porque ele vai morrer; desidentifique-se da história, porque aqueles que fazem parte dessa “sua história” também vão morrer. Mas tudo isso é um jogo Dele! Não tem você nisso! As pessoas vêm a mim querendo um modelo, para saber o que podem e o que não podem; o que devem comer e o que não devem; o que devem fazer ou não fazer; o que devem ser ou não ser…
Lembre-se apenas disso: tudo é um jogo Dele! Só tem Ele! Pare de confiar na ilusão!

*Fala transcrita a partir de um encontro via Paltalk no dia 04 de Novembro de 2016 
Encontros online todas as segudas, quartas e sextas às 22h - Baixe o Paltalk App e participe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações