segunda-feira, 18 de abril de 2016

Deus, a Única Realidade.






É a Graça que vai determinar o poder desse esforço, mas é preciso um coração voltado inteiramente para Ela; ele não pode estar dividido. É necessário confiar no Guru, confiar em Deus, confiar na Graça. É necessário depositar sua confiança inteira em Deus. É quando o pedido de ajuda já não é o pedido de ajuda feito por alguém, mas é a própria Graça se encarregando de dar um grito de socorro, é Deus se encarregando de cuidar disso.

Só pela Graça de Deus você tem sede de Deus; só pela Graça de Deus você tem o clamor por Deus; só pela Graça de Deus um pedido de ajuda, vindo do próprio Deus, aparece no seu coração. Aí a resposta é infalível porque Deus, em sua Graça, é infalível. Esse é o significado real da prece, da oração, que é: Tu és, Tu podes, Tu realizas, seja feita a Tua Vontade! Isso Significa que você desistiu e Deus assumiu. É assim que acontece o despertar, a iluminação.

O Guru se encarrega de você, como Deus se encarrega Dele mesmo para se auto-revelar. O Guru sempre será necessário. Deus é a única necessidade. Deus se revela a Deus por Deus. Deus atende Deus por amor a si próprio. Quando vocês tiverem feito tudo o que for possível, e não restar mais nenhuma possibilidade de sua parte de fazer alguma coisa, lembrem-se de que Deus estará lá com toda a sua Onipresença e Onipotência para atendê-lo, sendo Ele atendendo a Ele próprio.

É Deus quem se disfarça de Senhor e servo; é Deus quem se disfarça de devoto e de Amado. Mas você não pode deixar de ir até onde pode ir e você não pode deixar de fazer tudo que lhe cabe fazer. Ao mesmo tempo, você não pode esquecer que você não pode ir e não pode fazer sozinho. Você não pode esquecer que você sempre terá escolha, mas, ao mesmo tempo, você não pode esquecer que não tem nenhuma escolha. Você não pode esquecer que Deus não está interessado na pessoa que você acredita ser com seus problemas, dilemas e dramas. E você não pode esquecer que Deus tem todo interesse em Você, porque não há nenhuma pessoa aí, só tem Ele.

Isso sempre será um paradoxo, um mistério. Deus livre em busca de liberdade! Deus redimido em busca de redenção! Deus em Felicidade Suprema à procura da felicidade! Deus sendo toda suficiência e pedindo ajuda! Deus sendo o Guru e o discípulo! Deus sendo esse beloved, esse amado, e sendo um discípulo devoto!

Quem se importa? Quem se importa com seus pedidos? Não tem ninguém para ouvir os seus pedidos. Quem está pedindo de forma correta, se não tem "alguém" fazendo esses pedidos? Que pedidos podem ser corretos? Se não tem nem "alguém" fazendo isso, então não se preocupe. Quem aí se preocuparia? Apenas fiquem quietos e deixem tudo com Ele. Com quem poderiam deixar? A quem poderiam entregar? O que existe além Dele? Onde tem alguém fora Ele?

É Ele quem brinca de pedir e de dar, de perguntar e responder, de pecador e santo, de divino e profano. Só tem Ele, e Ele se basta! Ele É, antes de tudo, durante tudo, depois de tudo! Ele se basta e Ele é Você em sua Natureza Real, além de todas as carências, desejos e necessidades. Ele é essa completude quando não há alguma coisa faltando nesse momento. Então, Ele é a resposta antes do pedido de ajuda. Ele não tem a quem socorrer. Só tem Ele. Ele é esse sorriso e é também essas lágrimas. Ele é essa falta e é essa suficiência. Ele se apresenta como dualidade, fora da dualidade e além da dualidade e da não-dualidade; fora de tudo isso que a mente diz.

É engraçado, é só uma piada divina, uma piada que Deus conta para Ele mesmo rir. Então, vá além da mente, vá além da ilusão, vá além da crença de ser alguém. Reconheça Isso e permaneça aí. Deus há de se encarregar de fazer isso.

*Fala transcrita a partir de um encontro presencial na cidade de Fortaleza em Março de 2016
 

Um comentário:

  1. Que mensagem maravilhosa! Só há Deus! Que isso possa se revelar como verdade em meu coração!

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações