terça-feira, 16 de junho de 2015

É Preciso Despertar


Participante: Mestre, você pode explicar melhor, de forma clara, porque não suporto mais essa vida dessa forma? Estou como a grande maioria, mas parece que somente poucos, muito poucos, têm essa sua fala. Por quê? Como nos metemos nisso?

Mestre Gualberto: Você é essa Consciência brincando. O corpo nasceu e deram-lhe um nome; essa forma começou a crescer e as experiências acontecendo produziram memórias - a "mente" é isso. Você se identificou com o corpo, com o nome, com essas experiências, com essas memórias.

E agora é assim: você se confunde com crenças, vive dando importância a essas crenças e acha que Você é isso; então, a coisa fica "séria", mas, na verdade, nada disso é real - isso não é a sua Verdadeira Natureza.

Você é esta Consciência além do corpo, além do nome, das lembranças e das experiências. No entanto, é desta forma: a maioria se identifica com a "mente" e, nessa falsa identidade, se sente infeliz, triste, preocupada, miserável, deprimida, e assim por diante; não se reconhece, e não sabe que está adormecida na ilusão dessas crenças. É preciso Despertar!


*Extraído de uma fala via Paltalk no mês de Dezembro de 2012

Um comentário:

  1. Comer é uma experiência.Caminhar,respirar,falar,pensar,beber,fumar maconha,até mesmo cometer suicídio, pode ser uma experiência na ausência do experimentador.Experimentador presente,ilusão presente.O "problema"é que essa identificação já vem acontecendo a tanto tempo que já não sabemos nada a esse respeito.Perceber a ausência do experimentador é o "trabalho realizado"em Satsang.Estender esse "trabalho" no dia a dia é meditação

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações