segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Satsang - O Vasto e Ilimitado Espaço de Pura Presença



Você não é o que parece ser. Nem o que aparece no ser. Você é o Ser, que não aparece. O que pode aparecer, pode desaparecer, o que pode ocupar o espaço, já está pronto para desocupar o espaço.

Tudo está mudando, o tempo inteiro está mudando, todo tempo está mudando, a cada momento está mudando. Isso é belo, é maravilhoso, está perfeito assim. É assim mesmo que precisa ser.

Mas vocês não lembram de quem são, do que são, pois eu digo: Você é Ser, é Consciência, beatitude. Na Índia eles dizem Sat-Chit-Ananda. É isso que estamos falando. 

Vocês querem um segredo? Não é um segredo. Ninguém precisa lhe falar, lhe contar, lhe explicar, lhe ensinar, nem mesmo lhe mostrar o que você já é. Não precisa.

Toda informação que você tem, todo conhecimento que você tem, toda experiência que você tem ou que vai ter, é só um espaço ocupado. Você jamais esquece, só parece esquecer, que é esse vasto e ilimitado espaço de pura Presença.

Não precisa ser ensinado, é apenas uma brincadeira, toda essa coisa de se lembrar, você nunca esqueceu. Você só esquece o que vem e vai.

Conhecimentos são assim, experiências são assim, histórias mentais, dramas, mas isso, isso é aquilo no qual tudo aparece e depois vai embora.

É bem assim...

Algo mais do que isso, ainda não é. O que é, é simples assim, é somente isso. 

É isso!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações