segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Satsang pelo Paltalk - Liberação: a constatação de que não há "alguém"


Tudo o que você sabe acerca de si próprio é só o experimentador sabendo. Toda conservação de memória, quando por detrás dessa memória temos “alguém”, isso nada mais é do que a presença desse experimentador, dessa ilusória identidade. Você só tem que ficar ciente disso, olhar de novo, de novo, de novo e de novo a ilusão que é ser “alguém” com um nome e uma história. Essa história é só lembrança. E lembrança são pensamentos, são quadros, imagens de uma suposta identidade que viveu aquilo em algum momento.

Isso é uma crença, uma imaginação. Não havia nenhuma entidade ali, nenhuma identidade ali. O que estamos dizendo é que você não tem passado, você não existe, nunca existiu. A ideia de ser “alguém” que carrega uma história é a ilusão de ter vivido esse passado. O passado não é real. Lembranças são só pensamentos neste momento presente. Pensamentos são imagens em movimento, são objetos, lugares, pessoas, tudo imaginação. A ação dessas imagens está acontecendo agora, não há nenhum passado nisso, não há “alguém” nesse passado. Tudo está acontecendo nessa Consciência agora.

Toda a “sua história” não é a sua história. Você nunca viveu a “sua história”. Você não estava lá, como não está aqui. Só tem a Consciência brincando de que algo aconteceu, de que algo vai acontecer, de que algo está acontecendo. Nela, nada acontece, nunca aconteceu nem nunca vai acontecer. E isso é Você. A Liberação é a constatação de que não há “alguém” para a liberação, “alguém” que necessite ser liberado. Liberado do quê? Do passado? Que passado? Do presente? Que presente? Do futuro? Que futuro?

2 comentários:

  1. Essa é a mais pura verdade,quer você creia ou não.Se alguém duvida, quem é esse que duvida? Se alguém não vê, quem é esse que não vê?
    A resposta será sempre eu,eu, eu...Quantos eus existem no mundo? Quantos mundos existe dentro de um único eu? Quem ou o que está por trás de tudo que acontece?
    Se existe algo para se duvidar é da própria dúvida.
    Estou certo ou estou errado?

    ResponderExcluir
  2. Me parece que liberação é a liberação de toda e qualquer tipo de crença.
    Não tem alguém nascendo, alguém chorando,alguém respirando,alguém andando, falando,escrevendo,pensando, sentindo,sofrendo,envelhecendo, adoecendo e morrendo.Uma história que não tem um começo e nem um fim.Uma história que jamais poderá ser contada,pois não haverá alguém para contá-la.
    Oque nos resta? Resignação? Entrega? A quem? socorro... Deus é um brincalhão

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações