segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Satsang pelo Paltalk - Para quem surge essa ilusão?


P - Por que a ilusão de uma personalidade ou observador surge? Qual o motivo do apego? Quando estamos pensando, existe essa sensação de separação. Se eu consigo analisar, observar um pensamento, dá a impressão de que eu sou uma entidade separada, que observa tudo...

M - Para quem surge essa ilusão? O que temos, na realidade, é só uma crença. Com esse pronome “eu” e com essa experiência ligada a esse mecanismo, a esse corpo-mente, que é uma experiência particular com uma memória particular, com um nome particular, surge a crença de uma personalidade. É só uma crença.

Que apego? Para quem? Aonde está esse que pode se apegar ou se desapegar? Na realidade, não estamos pensando. O pensamento está acontecendo, e essa sensação de separação nasce da crença, da pessoa, dessa personalidade, desse “eu” nessas experiências particulares, que são só memórias, lembranças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações