sábado, 24 de agosto de 2013

Satsang pelo Paltalk - Consciência não sabe


Consciência não sabe, não se importa com isso. Consciência é essa Presença na qual o saber e o não saber, ambos acontecem, sem nenhuma afetação. Consciência é Presença sem afetação. Sempre imaculada, inatingível, jamais tocada, é a fonte, o cerne, é a base. É aquilo no qual tudo aparece e depois desaparece. E ela continua. Nossa ênfase é Naquilo que é imutável. Liberação é Aquilo que é imutável. É essa ciência do que É.

O que É está além do não saber, além do saber, do aparecer e do desaparecer. Seu conhecimento aqui não tem qualquer importância, é algo no tempo, é parte daquilo que é limitado pelo tempo, que precisa ser acrescentado mais e mais e mais. E pode ser diminuído até não sobrar mais nada. Ou seja, é mutável, perecível, é reconhecível. Falamos desse fundo de Silêncio, esse fundo de Consciência, de Presença, esse fundo que é Isso: Consciência, Silêncio, Presença, que é Meditação.

Reparem que isso não está no campo dos opostos, mas além dos opostos. Tudo que contrasta, contrasta nessa Coisa, aparece Nesse fundo, esse fundo de pura Presença, pura Consciência, puro Silêncio. É nesse fundo de Presença, esse fundo de Consciência, esse fundo de Silêncio, aí está essa realidade imutável. Seu Estado Verdadeiro, seu Estado Real, seu Estado Natural. Aquilo que jamais muda, que jamais sofre mudanças. No qual as mudanças estão aparecendo o tempo inteiro, mas de forma clara, não confundida, inconfundível.

Você se mantém como essa Consciência, esse Silêncio, essa Presença, vendo os estados mutáveis aparecendo e desaparecendo. Pensamentos, sentimentos, emoções, sensações, toda reação no corpo, toda resposta fisiológica, toda sensação neural nesse mecanismo. Aqui estamos apontando para esse espaço, que não é um espaço. É onde o espaço aparece e desaparece também. É o espaço além do espaço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações