domingo, 19 de maio de 2013

Satsang - Que tudo come tudo, come




Satsang noturno do dia 18/05/13 em Uberlândia / MG

(Participante) - Mas eu acredito que o ser humano, as pessoas evoluem. Tem a evolução. E a evolução é através desse mecanismo, não é?

(Marcos) - Evolução de quê? Evolução humana, biológica?

(P) - Eu acredito que Deus está se autoconhecendo. Algum fundamento, algum propósito tem isso tudo.

(M) - Agora você fez uma salada. Tem um fundamento: é a brincadeira de Deus. O propósito é esse. E o que você chama de evolução é só evolução biológica. E essa evolução biológica requer cortes, requer mudanças, mortes, muitas mortes. Agora, a Consciência não evolui. Então, não se fala de evolução da Consciência. Presença não evolui. Presença É. Então, não se fala de evolução de Deus. Não tem nenhum propósito nisso aqui, isso é só uma brincadeira divina. Na verdade, você está vivendo um sonho.

(P) - Então quem acorda? Você diz que é uma brincadeira...

(M) - Não tem quem acorde.

(P) - Ou será que Ele está experimentando?

(M) - Experimentando o quê? A Si Mesmo?

(P) - Experimentando ter uma experiência humana.

(M) - Isso, Ele resolveu brincar de gente, brincar de humano. Só que Ele não brinca só de ser humano. Ele brinca de ser vegetal, animal... Só que no ser humano Ele diz: sabe de uma coisa, eu vou brincar também de agora ser Deus. Aí ele acorda. O que a gente chama de acordar é: agora Ele brinca de ser Deus. Antes ele brincava de ser humano. Ele nunca deixou de ser Deus, Ele está brincando. Só que num ser humano, ele diz: especificamente nesse mecanismo aqui Eu vou brincar de ser Deus. Aí Ele acorda. E quando Ele acorda, Ele se livra dessa necessidade de ser um ser humano. Aí Ele olha o mundo a partir do que Ele é. E no que Ele é, tudo é um grande sonho, uma grande brincadeira.

(P) - Mas enquanto Ele não olha...?

(M) - Enquanto Ele não olha tem essas contradições todas: matar, morrer... Essas contradições todas estão enquanto Ele não olha, enquanto a mente está olhando. Depois que Ele vê, Ele viu. A nossa preocupação é mental, só enquanto a mente está presente. Nesse estado de vigília nosso, nós olhamos para o mundo e vemos o mundo com uma ótica que nos foi dada. "Olha, estão destruindo o planeta." Isso tudo é uma crença que nos foi dada. "Estão acabando com a água do planeta." Isso é uma crença. "Mas tem estudos que provam." Esses estudos também são uma crença. Isso está tudo na mente. A mente está vendo, a mente está criando, a mente está descobrindo, a mente está se certificando disso tudo.

Agora, sem a mente, nada disso é real. Isso é real para a mente, na mente, com a mente. Pela mente. Aí isso é real. Agora, sem a mente, quem fica para se preocupar com a destruição do planeta? No sono profundo você tem preocupação com a destruição do planeta? Quando você está completamente livre de qualquer identificação com qualquer pensamento de planeta, tem planeta algum sendo destruido?

(P) - Não.

(M) - Então, onde é que está isso? Está na mente. Na mente que se ocupa com um planeta que construiu e que agora está preocupada em não destruir. Agora, quem está ocupado com isso? Será essa Presença, essa Consciência, que vê isso tudo como um sonho, ou será a própria mente, que dá a esse sonho uma realidade que é só dela? Isso responde tudo para você, sobre o meio ambiente, comer carne, não comer carne por questões éticas, morais e "espirituais". Esse é o ponto. Do ponto de vista biológico não. Se o seu corpo não se adapta a determinado tipo de comida, você coma outro tipo de comida.

Mas mesmo isso ainda é mental. É só um sonho. O corpo é um sonho, então ele come o sonho que lhe apraz, que lhe faz bem. Então, ele não se adapta com carne, come vegetais, outra coisa. Agora, que tudo na natureza come tudo, come. Que está tudo comendo tudo, está. Que tudo está morrendo e nascendo, está. Que tudo o que aparece, aparece para desaparecer, aparece para desaparecer. E como isso vai desaparecer não importa. Que vai desaparecer, vai. Que os bichos vão comer, vão. Se você não comer a carne, vai ter um outro bicho que vai comer a carne. Você pode passar a vida inteira sem comer carne, mas 
que vão comer a tua carne vão, porque ela é uma comida boa, é.

A natureza tem essa estrutura. É tudo comendo tudo tempo todo. E não tem nada errado nisso, porque é um grande sonho de Deus essa coisa de tudo come tudo. Deus quer sonhar assim, fazer o quê? Se Ele não quisesse sonhar assim, ele sonharia diferente. Ele diria assim: tudo o que vier a existir, jamais deixará de existir. Mas não é assim. Tudo o que vem a existir desaparece. De uma forma ou de outra desaparece. É só uma questão de tempo e de forma de como aquilo vai desaparecer, mas que desaparece, desaparece. Tudo o que você vê morre. De uma forma ou de outra, morre.

3 comentários:

  1. Olá Marcos (:

    Eu já faz 8 meses que me dedico á espiritualidade devido a todo o sofrimento que passei. Agora, finalmente estou a despertar e a sentir amor pelo mundo e uma grande felicidade. Mas várias vezes, sem razão fico num estado emocional muito baixo, eu num dia estou super alegre e no dia a seguir estou super triste mesmo quando medito, e sinto dores em todo o meu corpo, principalmente nos ombros e no pescoço. Acha que poderá ser sinal que estou a entrar no estado de amor e paz??..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venha a um dos nossos encontros presenciais criança, assim será melhor olharmos juntos para tudo isso...

      Excluir
  2. mas eu não vivo no Brasil :D
    vivo em Portugal (:

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário

Compartilhe com outros corações